segunda-feira, 30 de julho de 2007

pompéia

tô em crise.no momento,no momentinho,eu estagnei.até eu absorver e sedimentar a questão do meu mundo que veio abaixo vai demorar.mais ainda,como pôr esse mundo acima novamente vai ser bem mais difícil.
eu sei que essa crise vai ser mote,mas agora é um motivo;pra eu ficar confusa,meio em choque,até-por falta de expressão melhor.
estou meia mal (sim!meia!porque é a minha metade burra que gosta de teatro e afins);posso levar meu corpo e continuar,uma vez que ainda me resta uma metade.mas também está impregnada de artes cênicas,mesmo na minha coluna com desvio,na minha perna esquerda mais curta,nas borboletas meninotas do meu estômago,na minha garganta que grita limitadamente,na minha acidez excessiva do estômago.é visceral,infelizmente/felizmente.desconstrução!preciso.tendências destrutivo-construtivas,recriar-me-rei (adoro mesóclise,isso já me deu uma animada...não,esta segunda parte é mentira).e é simples:só tenho que começar isso a partir de amanhã cedo.

5 comentários:

Claudia Lis disse...

Oi,

Hum, tantas coisas... “crise”, “confusa”, “choque”, “falta de expressão”, “burra”, “descontrução”... Pois é, existem fases que são complicadas em nossas vidas, tudo parece acontecer de uma só vez, sem nos dar chance nem de reagir direito. Mas sabe de uma coisa? Isso é muito bom para mostrar o quanto a nossa vida tem valor e energia e além disso, que temos um coração repleto de sentimento. E assim vamos vivendo...

Beijos

Menina Lunar disse...

Humm... Não entendi muito bem mas desejo melhoras. rsrsrs

Legal o blog!!

Beijo

=]

Eduardo C. disse...

Já tive minha fase de choque! Pelo que você está "em choque"?

Ni disse...

olha que coincidência...
acabei de escrever sobre isso, mas ainda não tinha lido aqui.
eu acabei de passar por isso... a crise ja foi, mas a mudança continua em curso.
tentei descrever lá numa garatuja bem garatujada... mas é sempre muito pessoal!

Letícia disse...

ai meu Deus do céu! :P