terça-feira, 3 de julho de 2007

o retorno

às aulas.não o de jedi.
estranho.meio nostálgico,até!
um processo novo,apesar de ser a reposição de coisas velhas.mas é verdade que não há como repor uma coisa dinâmica,mas a gente tenta.
nossa,estranho!tendo aulas em julho.eu nunca fiquei de exame em afins que a gente faz em julho.tinha muita vaga hoje no "estacionamento"das cênicas.às aulas!

"palavras ao vento-missionário do tempo
teu silêncio completa a minha alma,
tenra e calma,
com sabor de aniz.
vida,detentora da morte-azar ou sorte?-,
ensina-me a amar.ensina a me amar.
porque a luz se faz com um sopro..."
(pessoa,foi uma)

3 comentários:

Eduardo C. disse...

Bela poesia e... aula é uma coisa que não tenho há 2 meses. MAs eu voltarei :p

yara b . disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
yara b . disse...

"ensina-me a amar.ensina a me amar".

preciso disso pra retornar às aulas e à vida...